Shakespeare e a Economia ou Economia e Teatro


Cidadania & Cultura

Arte-Shakespare.indd

Busco ensinar Economia utilizando-me do Cinema como um instrumento instrutivo. É possível fazer isso com outras formas de Arte. Talvez a mais óbvia seja a Literatura. Gustavo Franco e Henry Farnam abordam outro tema multidisciplinar – Economia e Teatro – de diferentes formas. São métodos didáticos complementares, baseados em Artea representação e transmissão da habilidade de tomar decisões práticas em determinados contextos econômicos –, que revelam uma nova e interessante maneira de ensinar e/ou aprender Economia.

Shakespeare e a Economia (Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editora; 2009) reúne, em um só volume, dois ensaios complementares – escritos em épocas distintas (1931 e 2009) – que surpreendem ao mostrar como as finanças e os aspectos econômicos e empresariais estavam presentes na obra e na vida do dramaturgo inglês William Shakespeare.

Em A Economia de Shakespeare, Gustavo Franco fala sobre a economia do teatro, da linguagem e…

Ver o post original 1.365 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s